Resenha — The Walking Dead #1: A Ascensão do Governador. — Robert Kirkman e Jay Bonansinga

Título original: The Walking Dead: Rise of the Governor
Editora: Galera Record
Páginas: 361
Ano: 2013
   
Em clima de Halloween (a postagem é tarde, mas ainda está valendo, haha) e em comemoração à estreia da sétima temporada da série no último dia 23 (também tardia, porque fiquei sem internet nesse período), trago pra vocês hoje o primeiro livro de The Walking Dead.
Em A Ascensão do Governador acompanhamos a jornada do déspota de Woodbury antes de ele se tornar o personagem mais controvertido da trama. A origem desse personagem é, sem dúvida, uma grande surpresa para os fãs.
Para compreendermos melhor o Governador e suas atitudes extremas, acompanhamos nesse livro a jornada de Philip Blake, sua filha de sete anos Penny Blake, seu irmão Brian, e os amigos Bobby e Nick.
O apocalipse começou recentemente, e tudo o que Philip Blake — pai solteiro e viúvo — quer é proteger sua filha, a única coisa realmente importante que lhe restou nesse mundo apocalíptico. O irmão Brian é quase uma pedra em seu sapato, um ser tão incapaz quanto a criança que tenta proteger a todo custo. Apesar de Brian ser o seu irmão mais velho, é Philip quem toma as rédeas da situação, é o mais corajoso do grupo, de personalidade forte e marcante. A prova disso nos é mostrada ao longo da história. Logo no primeiro capítulo, enquanto Philip e os demais dão cabo em alguns zumbis numa casa que eles usarão como abrigo, Brian está escondido junto com a sobrinha, no armário, sentindo um medo irracional e patético.
Incapaz de até mesmo matar um zumbi, talvez por medo, por ética e convicções próprias, Brian é um personagem que não duraria uma semana num apocalipse zumbi. E talvez o fosse, caso o irmão mais novo não estivesse por perto para proteger não somente a filha, mas o irmão também, um alguém a quem ele tem que suportar.
Viajando para se manterem e se protegerem, enfrentando hordas de zumbis e pessoas mal-intencionadas, o pequeno grupo vai se deslocando, enfrentando a morte de entes queridos, conhecendo outros sobreviventes, conquistando e perdendo abrigos.
E cada acontecimento sobre o grupo é um fator para moldar suas novas personalidades. E essa nova personalidade será crucial para o Governador tomar a liderança de Woodbury.


Considerações pessoais

A história da origem do Governador é de tirar o fôlego e muito surpreendente. A escrita é de fácil leitura, com picos altamente tensos, em que você realmente sente o coração na boca. Impressiona a facilidade com que os autores mantêm o equilíbrio do estilo da escrita, muitas vezes nem parecendo que a história fora escrita por dois autores.
Robert e Jay trazem num só livro terror, suspense, humor e surpresa.

Para os fãs da série, vale muito a pena conferir a origem de um dos maiores vilões de The Walking Dead!

Comentários