4

Resenha: Um Brinde de Cianureto, Agatha Christie

Posted by Amanda Nunes on 15:58:00 in
Olá, queridos, 
hoje trouxe outro livro da Agatha pra resenhar. ^^
Espero que gostem. ;)




Título Original: Sparkling Cyanide
Editora: Nova Fronteira
Páginas: 204
Ano: 1978

Sinopse

O luxuoso restaurante Luxembourg é o lugar escolhido para comemorar o aniversário da linda e elegante Rosemary Barton. Entre os seis convidados, encontram-se pessoas próximas, mas que não necessariamente querem o seu bem. Mesmo assim, ninguém poderia prever o desfecho da noite: Rosemary morre subitamente após ingerir uma taça de champanhe com cianureto. Tudo indica que foi suicídio...
Em um inusitado jogo literário, a rainha do suspense dá a cada um dos personagens a chance de contar sua versão daquele dia, levantando suspeitas que podem colocar em xeque a razão da morte de Rosemary





Em Um Brinde de Cianureto, Agatha nos traz um romance recheado de suspense – o que já era de se esperar.

Dessa vez, ela nos narra uma história em torno da morte da jovem e bela Rosemary Barton – suicidada com um champanhe de cianureto no dia de seu aniversário. Até então, é o que todos realmente acreditam que aconteceu. No entanto, após receber cartas anônimas alegando que a morte da esposa fora um assassinato – e não suicídio –, George Barton começa a desconfiar da veracidade das informações oficiais dada pela polícia: suicídio causado por uma depressão após uma gripe.

Decidido a esclarecer o caso por seus próprios meios, George tem certeza que o assassino de Mrs. Barton estava junto a eles no dia em que Rosemary supostamente suicidou – num restaurante refinado, comemorando seu aniversário.

Assim, ele tem a ideia de recriar a cena de um ano antes, no mesmo lugar, com os mesmos convidados, na mesma mesa… Com um plano em mente que, ele acreditava piamente, faria o assassino voluntariamente se confessar.

Porém, a isca preparada não sai como o planejado, e o assassino, presente em torno da mesa, age novamente, fazendo uma segunda vítima – matando-a com cianureto em seu champanhe.

Nesse cenário, entra o Inspetor-Chefe Kemp e o Coronel Race, e juntos, precisam resolver o caso atual – descobrindo de que maneira o assassino envenenou sua vítima sem que ninguém percebesse. Dessa maneira, todos os personagens da trama são submetidos a um interrogatório, e cada um deles relata sua versão dos fatos.

A autora conduz a história de forma bem fluente e prazerosa, deixando o suspense a cada página – uma marca de suas histórias. O livro é dividido em três partes. Na primeira, nos é apresentado, em capítulos separados, cada um dos personagens envolvidos na trama, e nos é mostrado por que ele é um suspeito em potencial, pois cada um possui seus motivos para querer Rosemary Barton morta.

Na segunda parte, então, o plano fracassado de George de querer descobrir o suposto assassino de sua esposa.

Na terceira, e última parte, a investigação da segunda morte – e inevitavelmente o desfecho da primeira.

Agatha, mais uma vez, me surpreendeu com o final da história, pela revelação do verdadeiro culpado ter sido bem singular – incomum –, saindo da minha linha de raciocínio, e me surpreendendo, dessa maneira.

A obra pode ser encontrada com edições e traduções mais recentes, feitas por outras editoras.

E fica a indicação para quem ainda não leu. 

Semana que vem, trago resenha de um nacional para vossas mercês.
Até a próxima!  
 

|

4 Comments


Olá tudo bem ?
Ainda não tive a oportunidade de ler algum livro da Agatha Christie, mais sei que os livros dela são fantásticos!
Parabéns pela resenha, está incrível!
Beijocas :*
bellapagina.blogspot.com.br


Sou super fã da Agatha e gostei muito desse livro também. Como você disse: ela sempre surpreende.
Beijos,
alemdacontracapa.blogspot.com


Quem foi o(a) assassino(a) ?! Ou ela se suicidou ?!

Postar um comentário

Copyright © 2009 Sessão dos Livros All rights reserved. Theme by Laptop Geek. | Bloggerized by FalconHive.