Resenha - Intergaláctica, F.P. Trotta

E aí humanos! Lembram de mim? Sou eu, o Lucas. O "sumido" haha.
No inicio deste ano conclui a leitura do livro Intergaláctica, do autor parceiro do @livrosdoluccas, F.P. Trotta.
A resenha estava na "gaveta" há alguns dias, a demora do "post" se deve pelo fato de que meu cérebro ainda estava se recuperando do final épico deste livro, além de estar assimilando o bombardeio de informações.
Deixando de lado o "lero", vamos ao primeiro tópico.






Resumo da Primeira Parte:

 Diga-se de passagem que o livro não é dividido em partes, porém optei por dividi-lo em duas, ou seja, antes e depois do hypersleep de dez anos.

Após acordar de um coma profundo, a psiquiatra Amanda Collins desperta com um conhecimento irreal acerca de uma odisseia em outro plano.
Ao desadormecer ela descobre que a NASA está para mandar astronautas à uma das luas de Júpiter, intitulada Europa. Acontece que quem está a financiar tal expedição é “A Firma”, uma organização secreta, cujo presidente Oswald, é pai de Amanda.
Juntamente com seus amigos – Stryker, Lina e Ripley – ela parte rumo A Firma com o intuito de sabotar a missão, e colher informações a respeito de vida extraterrestre.

Antes da nave ser lançada ao espaço, Amanda e sua equipe é flagrada, tendo como punição um hypersleep, programado para acabar um dia antes da Expedição ao planeta Gliese 581g, ou seja, em dez anos;

A Visão do Lucas:

Digamos que esta primeira parte não me cativou muito, por se arrastar ao longo de 110 páginas. Mas tendo em mente o desfecho da história, a primeira parte deve ser levada muito em conta, pois conta detalhes primordiais. O que nos leva a entender no fim que a história de Amanda ainda tem muito a ser contada.

Mas Lucas, vamos logo ao Resumo da Segunda Parte:
Hypersleep

Um dia antes do previsto a equipe de Amanda é acordada por Peter, um dos rebeldes que tentam sabotar A Firma.
Está tudo diferente. As pessoas estão mais velhas. Os ares estão mais úmidos, e lágrimas estão prestes a rolar.
Vida marítima fora descoberta em Europa, fazendo com que os seres humanos questionassem os conceitos divinos que nos "enfiaram 'guela' abaixo", levando o planeta à um colapso que causa a Terceira Guerra Mundial, ataque a grupos religiosos, prédios de potências políticas, além de destruição em massa. 
Quem lucra? A Firma.
A equipe de Amanda é colocada em uma nave espacial rumo à Gliese 581g, localizado há dezessete anos luz da Terra.
Deste ponto não falo mais nada, só quem ler o livro vai saber. Motivo? S P O I L E R . Hahaha (fica a deixa pra você comprar o livro do Trotta).



A Visão do Lucas:

HUUUMAAAAAAANOOOOOOOOOOSSSSSSSSSSSS, esta segunda parte é infinitamente f#@&... quero dizer, FANTÁSTICA.
Os acontecimentos se desenrolam tão perfeitamente que é quase impossível deixar o livro de lado para qualquer coisa.
Destruidor de Cérebros
Após a esta passagem Intergaláctica só tem a nos impressionar, cada mínimo detalhe foi colocado com um quê a mais. A história toma o rumo do subtítulo “Onde estaria a segunda Terra?”. Acredite: você irá se surpreender.
O capítulo “O Juizo Final”, foi capaz de me fazer repetir varias vezes a mesma palavra, e como disse uma amiga minha, pude sentir meu cérebro pulsar com o “bug” extremo que esse desfecho causou ao meu já falido cérebro.

Conclusão do Lucas:

Como sugere o título, a história criada por Trotta é capaz de levar o leitor além via láctea. Nas entrelinhas do tomo a imaginação leva o leitor em si imediatamente a perambular na vastidão do espaço sem fim.  Fazendo com que a mente seja invadida por questões que nos fazem duvidar de tudo aquilo que fomos levados a crer.
A narrativa de Trotta é suave e envolvente, prendendo o leitor a cada parágrafo. Perdendo ponto apenas, para o uso demasiado grande de palavras repetidas em determinados trechos – o que é mais que comum em livros de estreia.
O universo que conhecemos é cheio de segredos e mistérios, com dilemas que nos cercam de uma ponta a outra, seja do próprio corpo ou do planeta em que vivemos, mas ainda assim o autor conseguiu criar um novo universo, incrível e fantástico, dentro daquele que já conhecemos. Gliese 581g é uma versão aprimorada do nosso planeta, mas que guarda ambições e segredos comuns aos olhos humanos.
Intergaláctica tem de tudo um pouco, do suspense e as enormes reviravoltas, as mensagens que nos passa acerca de quem somos. Simplesmente Épico. Simplesmente Intergaláctico.


“Se não existe vida fora da Terra, então o universo é um grande desperdício de espaço”.
- Carl Sagan.   

                      


Sobre o Autor:

Franco Poltronieri Trotta, nasceu em São Paulo no inicio dos anos 90, mas mudou-se para o Rio de Janeiro. Cursou faculdade de Administração de Empresas enquanto produzia eventos noturnos em inúmeras casas cariocas, inclusive trabalhou na produção de duas edições do Rock in Rio, e do festival espanhol Sónar.
Alfabetizado inicialmente em inglês, Franco viveu em Detroit na adolescência, onde se formou no Proficiency in English, dos exames Cambridge ESOL. Intergaláctica é seu primeiro livro publicado no Brasil. Escrito originalmente em Inglês e chamado de Intergalactic, o livro ganhou sua versão em português pelo próprio autor.

"Intergaláctica é uma história intrigante e enigmática, com um desfecho inesperado e épico”.


Sinopse:


Uma conspiração para controlar o rumo da mais importante expedição espacial da história da humanidade. 3 de Maio de 2031 - No dia de lançamento da aguardada expedição da NASA para explorar a lua de Júpiter, uma das candidatas para habitar vida extraterrestre, a psiquiatra Amanda Collins acorda de um coma após meses batalhando contra uma meningite aguda.


Junto com seus pacientes Stryker, Ripley e sua amiga Lina, eles descobrem que fazem parte de um crescente quebra-cabeça envolvendo uma corporação geopolítica underground chamada A Firma, que planeja sabotar a missão, usufruindo de uma nova tecnologia para saquear a nave e destiná-la para um planeta habitável localizado dezessete anos luz da Terra. O quarteto então inicia uma operação para descobrir a verdade por trás da conspiração, mergulhando de cabeça na maior expedição planetária da história da humanidade.


    Ficha Técnica (ed. resenhada):

  • título: INTERGALÁCTICA;
  • ISBN: 9788566464566
  • idioma: Português
  • encadernação: Brochura
  • ano de edição: 2015
  • edição: 

EXTRAS:

Interdimensional - segundo livro da duologia está programado para o primeiro semestre de 2016, e segundo o próprio autor o tema controverso “vai dar o que falar”.
“Eu queria fazer uma história muito, muito épica. Que mesclasse o lado fantasioso do sci-fi, um gênero que acho por muitas vezes inóspito demais, sempre mundos desertos ou de gelo que não batem com as probabilidades do planeta”, citou Trotta quando disse: “Estou em choque. Praticamente sinto meu coração bater nas pontas dos dedos”.

Vale lembrar que Intergaláctica está a venda nas grandes livrarias, inclusive em -ebook.

Assista o Book Trailer HD:



Por hoje é isso humanos! Espero que tenham gostado! Não se esqueça de deixar sua opinião nos comentários. E, até os próximos posts!






Comentários

  1. Caramba!! Gostei muito da resenha, esse livro deve ser muito bom ^-^
    Gostei da frase:“Se não existe vida fora da Terra, então o universo é um grande desperdício de espaço”.


    Semitributo.blogspot.com

    ResponderExcluir

Postar um comentário