0

Resenha - Livrai-nos do Mal, David Baldacci

Posted by Amanda Nunes on 15:41:00 in
Olá, queridos, tudo bem com você? Eu sei que prometi resenha de um nacional, mas acontece que ainda não terminei de ler o livro. Rs
Por isso, trouxe a resenha de mais um livro do incrível David Baldacci. 
Espero que gostem.
Abraços. :D 


Título Original: Deliver  Us From Evil
Editora: Arqueiro
Páginas: 317
Ano: 2013







Sinopse: A vida de Shaw se resumia a seu trabalho como agente secreto, até que ele se apaixonou por Anna. Porém, seus planos de casamento são arruinados quando ela morre em um atentado. Ainda de luto, ele aceita uma missão para driblar a dor da perda.Aparentemente, o novo inimigo de Shaw é apenas um magnata bem-sucedido. Mas, por trás de seu império, Evan Waller esconde uma operação de tráfico de mulheres. Buscando aumentar sua fortuna, ele começa a investir em um negócio que pode matar milhões de pessoas. Para impedi-lo de disseminar o terror, Shaw é mandado à região da Provence, onde o empresário passará as férias. É ali que seu caminho se cruza com o de Reggie Campion, uma jovem sedutora que está a serviço de um grupo de justiceiros. Treinada para matar, ela quer livrar o mundo de mais um genocida. Seu alvo é Fedir Kuchin, um ucraniano que fugiu para o Canadá e começou uma nova vida sob o nome de Evan Waller. Sem saber que caçam a mesma pessoa, Shaw e Reggie tentam descobrir a identidade um do outro e travam uma batalha de charme e astúcia que os levará a uma atração indesejada. Lutando para não cair em tentação, os dois se veem diante de um adversário ardiloso, que não será vencido com facilidade. Neste segundo livro da série de Shaw, David Baldacci constrói uma trama bem elaborada que revela o mal à espreita dentro de cada pessoa.


Reggie Campion é uma bela jovem que faz parte de uma organização de justiceiros. O grupo de Reggie caça e mata — após se infiltrarem na vida de suas vítimas — pessoas que tenham sido um mal para a humanidade em algum momento de suas vidas e, por sorte, acaso ou astúcia, tenham conseguido saírem ilesos, se escondendo das autoridades competentes que os julgariam.
A próxima vítima de Reggie é Fedir Kuchin, um ucraniano ex-agente da KGB, mais conhecido como O Carniceiro de Kiev por suas brutais e impiedosas torturas. Assim que tomam nota de que Fedir estaria em Provence, na França, Reggie e seu grupo armam uma tática para seduzi-lo e emboscá-lo, findando, dessa maneira, mais uma vida podre.
Shaw é um agente secreto. Após a morte de sua noiva, ele aceita uma nova missão para driblar sua dor. Seu próximo alvo é Evan Waller, que seria mais um magnata canadense se não fosse seu esquema de tráfico de mulheres. No entanto, o foco principal da missão de Shaw é impedir que Evan negocie com fundamentalistas islâmicos e venda uma arma poderosa o bastante para detonar uma cidade inteira. O que Shaw e sua organização não sabem é que Evan Waller, na verdade, é um ucraniano que forjou a própria morte para fugir dos tribunais de sua terra natal. Sob o nome de Evan Waller, Fedir Kuchin começara uma nova vida no Canadá.
Shaw também tem conhecimento de que Evan passará suas férias na França e um plano minucioso é elaborado para surpreendê-lo e entregá-lo — vivo — aos seus superiores, estes que tomariam as devidas providências.
E é aí que as vidas de Shaw e Reggie se cruzam. Sem saber que estão atrás do mesmo homem, uma batalha cheia de charme e astúcia é travada entre eles, os dois buscando descobrir qual a verdadeira identidade e intenções um do outro..
Ao emboscarem Fedir, Reggie e seus companheiros não esperavam que seus planos mudassem bruscamente e os seguranças de Kuchin os surpreendessem na emboscada. Teriam sido mortos se Shaw não tivesse aparecido e, miraculosamente, os salvado, mas ainda permitindo a fuga do ucraniano.
Agora, ambos os lados estão em alerta, já que a missão fora um fracasso. Fedir a todo custo busca vingar-se daqueles que tentaram matá-lo e usa de toda sua experiência e superioridade para conseguir a localização dos responsáveis; enquanto isso, Shaw e seu novo grupo, ao mesmo tempo em que tentam se protegerem da caça iminente, também vão atrás novamente de Evan Waller para findar sua vida antes que ele o faça primeiro com a deles.
Numa caçada tensa e arrepiante, Livrai-nos do Mal traz uma narrativa cativante e sucinta, no entanto sem deixar pontas soltas ou confundir o leitor. Os diálogos, parecendo uma marca de David Baldacci, é sempre bem-humorada, apesar dos perigos que rondam os personagens.
A peculiaridade da obra está, sem dúvidas, no desfecho, superando todas as nossas expectativas.
Um ótimo livro, uma história esplêndida e muita... muita tensão em cada página.

|

0 Comments

Postar um comentário

Copyright © 2009 Sessão dos Livros All rights reserved. Theme by Laptop Geek. | Bloggerized by FalconHive.